ACESSE O SEU CONDOMÍNIO

Encanamento do condomínio: Quem é o responsável pela manutenção?

Para quem mora em condomínios, especialmente de apartamentos, não é raro encontrar problemas no encanamento do condomínio. Sabemos que muitas vezes as atitudes de um vizinho dentro do apartamento dele, pode causar consequências para outros.

E, muitas vezes, a própria estrutura da qual o condomínio utilizou para montar os prédios, é responsável por problemas do encanamento do condomínio.

Outro ponto a considerar sobre o encanamento do condomínio, é que com o passar do tempo, um encanamento sem manutenção proporciona odores ruins vindo do esgoto, água que retorna e vazamentos.

Sabemos que problemas no encanamento dos condomínios estão entre as queixas mais comuns de pessoas que residem em prédios. Mas, afinal, em casos de entupimento, vazamento e afins, você sabe quem é o responsável pela manutenção?  

Encanamento do condomínio
Encanamento do condomínio

Quem é o responsável pela manutenção?  

A primeira pergunta que você deve fazer é sobre como funciona o encanamento do seu condomínio. Na maior parte das vezes, os prédios possuem um sistema de encanamento vertical e outro horizontal.

O vertical, normalmente, abastece o condomínio com água, já a horizontal forma o encanamento de cada apartamento, individualmente. Nesse caso, a responsabilidade é do morador. Mas, caso haja curiosidade, você pode fazer essa pergunta para o seu síndico

O primeiro passo para identificar a origem do problema é verificar se o vazamento ou o entupimento está localizado na tubulação vertical ou horizontal, para entender se é do condomínio como um todo ou de alguma unidade individual. 

Sendo assim, quando se trata do sistema de abastecimento geral, a responsabilidade será do seu condomínio, com isso, o síndico deve efetuar a contratação de um profissional para resolver a questão. Essa contratação sempre deve ser conversada com os condôminos, com clareza de procedimentos e valores.

Originado em uma unidade individual

Quando o problema é originado em uma unidade individual, o morador é o responsável pela manutenção. Vamos supor que você tenha um vazamento em uma de suas torneiras, essa responsabilidade, de notar o problema e tomar uma atitude é sua.

Mas se você percebe que há um vazamento no teto do seu banheiro, deve comunicar ao morador do andar de cima, que deve tomar as medidas para resolver o problema.

Na maior parte das vezes, esse contato tende a ser cordial, mas se o morador se nega a fazer o serviço, o síndico pode ser comunicado, já que a falta de responsabilidade de um condômino, pode afetar outras unidades e até a estrutura do prédio em questão.  

A melhor atitude é prevenir. Se todos os moradores do prédio atuarem em prevenção, com certeza, a probabilidade de problemas como esses surgirem cai consideravelmente.

Se houver campanhas de prevenção por parte do condomínio, melhor ainda, pois assim há um incentivo aos moradores para tomar cuidado e sempre pensar no coletivo.

Alguma das principais atitudes que geram problemas nos encanamentos e que podem ser evitadas, são:

  • Descarte de óleo na pia
  • Descarte de materiais incorretos (lacres, plásticos, tampinhas, restos de alimentos)
  • Descarte de papéis higiênicos e absorventes no vaso sanitário, e afins.

Problemas no inverno

No inverno, esses problemas tendem a ser ainda maiores, pois qualquer gordura descartada no encanamento, tende a ficar mais consistente com as baixas temperaturas.  

Além de atuar na conscientização dos moradores, o condomínio precisa atuar na manutenção preventiva em todo o sistema de encanamento dos prédios, evitando que problemas graves sejam descobertos no futuro.

Profissionais indicam que essa manutenção de prevenção seja realizada a cada dois anos. [Saiba mais clicando aqui]

Nessa manutenção, além de checar os encanamentos, acontece a limpeza dos ralos, que é muito importante, e que deve ser feita também em cada unidade de apartamento.  

Na cidade de Guarulhos, por exemplo, muitos incidentes já aconteceram nesse aspecto, e existem muitos profissionais que podem fazer esse tipo de manutenção, já que os condôminos se conscientizaram mais, após obterem o conhecimento desse tipo de transtorno tão comum.

Se você mora em apartamento ou é um síndico, esteja sempre atento a esse assunto e tome atitudes preventivas, evitando desgastes e grandes gastos futuros.  

Por fim, espero que tenha gostado do nosso artigo, se você tiver dúvidas sobre encanamento do seu condomínio, clique aqui e mande uma pergunta.

Categorias: Condomínios

LSC Guarulhos

Av. Salgado Filho, 1549
Conj 12 e 13 - Jd. Maia
Guarulhos - SP

LSC São Paulo

Rua Vergueiro, 2087 -
1° andar - Cj. 101 - Vila Mariana
São Paulo - SP
Fone: (11)2475-3150

Contate-nos


LSC ADMINISTRADORA DE CONDOMÍNIOS - Copyright 2020 - Todos os direitos reservados